in

Homem inocente é preso por engano após irmão mais velho cometer crime e se passar por ele

Oseas passou o último mês detido no Distrito Federal por um delito que ele não cometeu.

Metrópoles

O jovem Oseas Gomes Xavier de Santana, de 25 anos, foi preso injustamente no Distrito Federal, após seu irmão mais velho se passar por ele. Manoel Gomes Xavier de Santana, de 28 anos, deu o nome do familiar ao se identificar para autoridades logo após ter participado de uma tentativa de assalto, ocorrida há cinco anos. 

Publicidade

Na oportunidade, Manoel e outros dois homens invadiram uma casa na Cidade Oriental, e acabaram sendo detidos em flagrante. Como já tinha passagem pela polícia, ele decidiu fingir ser o irmão mais novo, que não possuía nenhum antecedente criminal.

Durante a audiência de custódia, Manoel foi interrogado pela juíza como se fosse Oseas e assumiu a nova identidade. Com “novo nome”, Manoel ficou nove meses presos em Goiás, e posteriormente passou a cumprir pena em regime semiaberto. Contudo, ele não cumpriu a medida à risca e um novo mandado de prisão foi expedido pela Justiça.

Publicidade

Em novembro, o Oseas “verdadeiro”, que reside em São Paulo, veio visitar a família na capital federal, e durante este período compareceu no Fórum Desembargador Everards Mota e Matos, para acompanhar um júri de um familiar. No local, ele acabou sendo preso. 

Publicidade

Oseas está há mais de um mês detido na Provisória I (CDP I), no Complexo Penitenciário da Papuda, e desde então está tentando provar sua inocência.

Publicidade

Arrependido

Ao tomar conhecimento que o irmão tinha sido preso, Manoel resolveu se entregar às autoridades. Na noite da última terça (15), o Tribunal de Justiça de Goiás, (TJGO) decretou a soltura do irmão inocente. 

O rapaz, no entanto, ainda terá que cumprir medidas restritivas, uma vez que é o nome dele que consta como réu no caso. 

Publicidade
Publicidade