in

Vareta atravessa garganta de menino de 2 anos após sofrer queda e caso serve de alerta aos pais

Após ter passado por um procedimento cirúrgico, o menino conseguiu sobreviver.

Crescer

Quem tem criança pequena em casa sabe o quanto é importante ficar sempre atento. Qualquer distração com os pequenos pode terminar em algum acidente grave. Um garotinho de apenas dois aninhos quase perdeu a vida em um acidente doméstico.

Publicidade

Por muito pouco, o garotinho não morreu por causa de uma vareta, que é um tipo de pauzinho de madeira com cerca de 20 centímetros de comprimento. O objeto ficou cravado em sua garganta após o acidente. De acordo com o jornal Daily Mail, a avó teria feito uma fatia de maçã de lanche, porém resolveu colocar a fruta na vareta para que o menino pudesse comer com as mãos sujas.

Quando a avó estava distraída, o pequeno que foi identificado como Lin Lin saiu da sala brincando com sua bicicleta e comendo a fruta. O menino acabou perdendo o equilíbrio e caiu no chão. O pauzinho atravessou a garganta do menino e ficou alojado no pescoço. O objeto atravessou de forma tão profunda que os médicos podiam ver a vareta projetada na nuca, sob a pele da criança.

Publicidade

A criança teve que ser encaminhada às pressas para o hospital, onde os profissionais examinaram com uma tomografia computadorizada. Por um milagre, o menino conseguiu sobreviver e está em recuperação, depois de ter passado por um procedimento cirúrgico de emergência. A imagem da radiografia é realmente impactante e mostra a vareta espetada na garganta do pequeno.

Publicidade

De acordo com o médico que atuou na ocorrência, o pauzinho não feriu a traqueia do menino, mas poderia ter danificado a artéria vertebral e os nervos cervicais durante a cirurgia e isso poderia ter sido fatal. O garotinho precisou ficar na UTI e felizmente a operação transcorreu bem. Ele se recupera bem e até já retomou a dieta normal. O fato aconteceu na China no último dia 29 de novembro.

Publicidade

O caso serve de alerta aos pais para evitar que esse tipo de situação aconteça. Não é indicado dar aos pequenos objetos pontiagudos e pequenos. Além disso, quando as crianças vão se alimentar o melhor é que fiquem sentadas, tranquilas e sob a supervisão de um adulto.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.