in

Quando a vacina contra a Covid-19 vai estar disponível para crianças? Resposta de especialista é preocupante

O ideal seria que todas as pessoas fossem vacinadas mas, infelizmente, isso provavelmente não vai acontecer.

Crescer

Para tentar controlar a pandemia do coronavírus, que assola a humanidade desde o final do ano de 2019, o ideal é que todas as pessoas possam receber a vacina contra a Covid-19. No entanto, a indústria farmacêutica não tem capacidade de produzir a quantidade de doses necessárias para que isso ocorra de forma imediata.

Publicidade

Por esse motivo, os países estão desenvolvendo planos estratégicos para poder decidir quem vai ter prioridade na vacinação. No Reino Unido, a vacinação da população já teve início e o grupo prioritário inicialmente são os idosos e profissionais da área da saúde, grupos que também vão ter prioridade no Brasil.

Conforme o plano preliminar divulgado pelo governo federal no começo do mês de dezembro, a vacinação vai acontecer em quatro fases. A primeira vai imunizar profissionais da área da saúde, os idosos com idade a partir de 75 anos, população indígena e pessoas acima de 60 anos que residam em instituições psiquiátricas e asilos. A segunda fase do programa visa os indivíduos de 60 a 74 anos. Já na terceira etapa vai ser a vez dos portadores de comorbidades. Na última etapa serão imunizados os professores, servidores do sistema prisional e das forças de segurança e salvamento. No total, a campanha somaria 109,5 milhões de doses da vacina.

Publicidade

Como é possível perceber, a campanha não visa vacinar as crianças e nem os jovens e adultos. Segundo Renato Kfouri, que é pediatra, é pouco provável que os pequenos recebam a vacina em 2021. Já que, conforme estudos, os mais novos lidam melhor com a doença e tem menor propensão a ter complicações.

Publicidade

Até o momento nenhuma vacina contra o coronavírus teve a eficiência comprovada em crianças. Portanto, ainda não se sabe quando e como será o esquema de vacinação para os pequenos, fato que deixa os pais extremamente preocupados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.