in

Duas irmãs morrem em intervalo de 24 horas, vítimas da Covid-19; elas não tinham nenhuma comorbidade

Danubia Venâncio e Vanessa Venâncio, de 36 e 40 anos respectivamente, morreram em decorrência do coronavírus.

Reprodução/ G1

Duas irmãs faleceram em um intervalo de 24 horas na cidade de Governador Valadares, em Minas Gerais, ambas vítimas da Covid-19. Uma se encontrava internada no Hospital São Lucas e a outra no Hospital Regional do município. Elas tinham a tia, Valéria Alves, como acompanhante.

Publicidade

Danubia Pereira Venâncio, de 36 anos, foi a primeira a morrer. Ela estava internada no Hospital Regional e faleceu nesta quinta-feira (10). Sua irmã, Vanessa Pereira Venâncio, de 40 anos, morreu um dia depois. As duas não possuíam comorbidades, de acordo com informações da tia.

Publicidade

Publicidade

Valéria contou que Danubia foi internada na Policlínica no dia 2 de dezembro, em uma unidade criada exclusivamente para o tratamento de pessoas infectadas pela Covid-19. Dois dias depois, a irmã foi para o hospital, indo direto para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Publicidade

“No domingo (6), depois de algumas complicações da Danubia, a pressão que subiu muito, ela foi entubada. Na segunda-feira (7), o mesmo aconteceu com a Vanessa que também precisou ser entubada”, disse a tia que acompanhava as duas.

Dias depois, Danubia não resistiu e perdeu a batalha para o terrível vírus que vem assolando o Brasil e o mundo. A tia, por meio de um vídeo que foi publicado no YouTube, lamentou a morte e pediu para que fossem realizadas orações pela sua outra sobrinha que, ao momento da gravação, ainda estava com vida.

Nas imagens, Valéria diz que a sobrinha que estava na luta para vencer o vírus precisava de um milagre. “A Vanessa depende de um milagre e eu acredito, porque eu acredito que Deus pode tudo, tudo, tudo. Conto muito com as orações de vocês”, dizia no vídeo.

Infelizmente, o milagre não aconteceu e Valéria perdeu a outra sobrinha. Se manifestou novamente, dessa vez, para fazer um apelo para aquelas pessoas que não têm levado o vírus a sério, descumprindo as medidas de segurança impostas nesse período de pandemia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rafael F.

Rafael Ferreira é um escritor apaixonado pelo que faz. O que começou como um hobbie, hoje virou profissão, com seu ingresso na faculdade de Jornalismo. Busca sempre manter seus leitores por dentro dos assuntos da atualidade, seja no Brasil ou no mundo. É responsável por levar entretenimento e cultura com a qualidade que é devida de um redator da i7 Network. Sinta-se a vontade para entrar em contato pelo Instagram @rafaelferreiraa7.