in

Jovem mostra pai agredindo a irmã com um cinto após ela dizer que ‘gostava da amiga’ e é expulso de casa

Ele denunciou o pai ao Conselho Tutelar e afirmou que também foi vítima de agressões por homofobia.

Reprodução / Internet

Um homem de 23 anos, morador de Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro, decidiu denunciar o próprio pai após uma série de agressões à irmã. De acordo com o site UOL, o jovem afirmou que as agressões teriam sido motivadas por homofobia, já que a irmã de 9 anos contou à família que “gostava da amiga”.

Publicidade

O rapaz contou, ainda, que também teria sido agredido pelo pai aos 15 anos quando confessou sua homossexualidade. O pai do jovem teria colocado uma arma em sua cabeça após saber que o filho era gay. Nas imagens que circulam nas redes sociais, é possível ver o homem agredindo a filha com um cinto enquanto a menina grita e chora.

O jovem disse que a mãe presenciou toda a cena, e foi conivente com o comportamento do pai. Ainda nas imagens, é possível ver o momento em que o pai o ameaça enquanto ele filma as agressões. Através de seu perfil no Twitter, o fotógrafo afirmou que sofre agressões por parte do pai desde a infância, e não queria que a irmã passasse pelo mesmo.

Publicidade

Após a divulgação do vídeo, o rapaz contou que foi expulso de casa pelos pais. “Eu fui até uma delegacia e lá me disseram que não poderiam tratar do meu caso, que era melhor eu ir no Conselho Tutelar, então eu fui. Os policiais mesmo fizeram pouco caso. Eu sei que fizeram exame de corpo de delito e minha irmã está bem. Não estou sabendo muito o que está acontecendo”, contou o jovem.

Publicidade

De acordo com o Jornal O Dia, o Conselho Tutelar afirmou que a guarda provisória da menina se encontra com a avó paterna. O jovem, que está na casa de uma amiga, afirmou que não há possibilidade de voltar para casa, já que seus pais ficaram com ódio por ele ter divulgado o vídeo nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade