in

Pai pede que devolvam celular da filha morta em acidente: ‘única lembrança’

Giovanna e o marido morreram em acidente de carro no último domingo (6), em São Vicente.

Facebook Giovanna Gabrielle

Giovanna Gabrielle, de 21 anos, sofreu acidente de carro em São Vicente, litoral de São Paulo, no último domingo (6). Quatro pessoas estavam no veículo. Além de Gabrielle, o marido dela, Thiago Alves, de 28, também morreu. Ambos estavam nos bancos da frente e ele dirigia o veículo.

Publicidade

Atrás, estavam um irmão de Thiago, Caio Vinicius Silva, de 21 anos, e o filho do casal, de apenas 3. Ambos sobreviveram ao acidente. De acordo com as informações da Polícia Militar, Thiago teria perdido o controle do veículo e colidido contra um poste. O acidente aconteceu por volta das 18h.

A família de Giovanna tenta localizar o aparelho celular que desapareceu no local do acidente. Caio Vinicius afirmou que o celular é a única lembrança que o pai pode ter da filha. Além disso, no aparelho há diversas fotos dela. De acordo com Caio, o pai de Giovanna está sofrendo muito porque a jovem era filha única.

Publicidade

“O pai dela precisa desse celular, não é pelo bem material e sim pelas fotos e lembranças”, disse ele. O acidente aconteceu na Avenida Angelina Pretti, em São Vicente. Alguém pode ter furtado o celular no local do acidente ou o aparelho pode ter sido lançado longe no momento da batida e alguém pegou. 

Publicidade

Os pais de Giovanna agora vão tentar seguir a vida e cuidar do neto de apenas três anos que ficou órfão ao perder pai e mãe no acidente de carro. Se conseguirem recuperar o celular, será um raro momento de felicidade em meio a dor da perda que aconteceu de uma forma tão abrupta e trágica. As lembranças digitais estão todas lá.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!