in

Médico detona descaso com a Covid-19 e comove em desabafo: ‘Tenho medo de morrer dessa doença’

Profissional da saúde esteve internado na última semana após testar positivo para a doença e ter 30% do pulmão comprometido

Foto: Francismar Prestes Leal/Arquivo Pessoal - G1

A pandemia do coronavírus impôs uma rotina desgastante e arriscadíssima aos profissionais da saúde que figura na linha de frente no combate à doença. Por ficarem tão expostos aos riscos de contágio, os médicos representam um número significativo entre as vítimas fatais da Covid-19.

Publicidade

Em entrevista ao G1, o médico Francismar Prestes Leal, de 51 anos, fez um forte desabafo com misto de exaustão e revolta pelo desdém de parte da população que se mostra negacionista sobre a doença que já vitimou mais de 179 mil pessoas no país. 

Após passar cinco dias internado com quadro positivo da Covid-19, Francismar externou o sentimento vivenciado nos últimos meses, por exemplo, a árdua tarefa de intubar companheiros de trabalho, que acabaram não resistindo e morreram depois. 

Publicidade

“Não está sendo fácil lidar com uma doença infecciosa tão complexa e com a negação dela por parte da população. Estamos todos exaustos, fisicamente e mentalmente. Tenho medo de adoecer ou de morrer dessa doença que ainda não entendemos direito”, desabafou o profissional da saúde, que atua no combate à doença desde o primeiro caso registrado na cidade de Maringá, no Paraná.

Publicidade

Trabalhando em dois hospitais do município, Francismar acumula cerca de 200 horas mensais de atuação nas Unidades de Terapia Intensiva.

Publicidade

Susto

Na última semana, o profissional da saúde deu entrada no hospital não como médico, mas como paciente. Diagnosticado com a Covid-19, ele chegou a estar com 30% do pulmão comprometido em função da Covid-19. 

A esposa de Francismar, chegou a desenvolver um quadro ainda mais grava da doença, tendo 50% do pulmão afetado e um diagnóstico de embolia pulmonar por conta de complicações da Covid-19. Ela atua como enfermeira. O casal e mais os quatro filhos testaram positivo para doença.

Publicidade