in

Polícia prende acusados de humilhar e agredir mecânico por dívida de R$ 500

O vídeo chegou à polícia após viralizar nas redes sociais neste fim de semana.

G1

A polícia prendeu, na manhã de terça-feira (8), os dois acusados de filmar e agredir um jovem dentro de uma oficina mecânica em Tangará da Serra, cerca 242 quilômetros de Cuiabá, capital do Mato Grosso. De acordo com a polícia, o homem que aparece sendo humilhado e espancado estava devendo cerca de R$500 para um dos envolvidos.

Publicidade

Mecânico é agredido e humilhado por dois homens

A humilhação e a agressão foi registra da última quinta-feira (3), porém, as autoridades só tiveram conhecimento dos fatos no último sábado (5), após o vídeo viralizar nas redes sociais.  

Os acusados foram identificados como Gustavo Henrique Nilson Albues, que aparece nas imagens humilhando e agredido a vítima, e Jhony Marlon Camargo de Souza, que gravou toda a ação e também ameaçada a vítima durante as filmagens.

Publicidade

Gustavo foi preso pela polícia em um hotel em Cuiabá; e Jhony foi preso em uma fazenda, localizada em Tangará da Serra.

Publicidade

Acusado diz em vídeo que vítima não apanhou de graça

Após o vídeo ter uma grande repercussão nas redes sociais, e internautas condenarem a atitude tomada pelos acusados, Gustavo revolveu gravar um vídeo, pedindo desculpas pelos seus atos. Segundo ele, a vítima foi agredida por estar lhe devendo dinheiro: “não apanhou de graça e ele não reagiu, porque sabe que estava errado”.
Nas redes sociais, internautas ficaram revoltados com a atitude tomada pelos acusados. 

Publicidade

Segundo o delegado Adil Pinheiro, caso os acusados sejam condenados, eles podem pegar de 2 a 8 anos de cadeia. Um inquérito policial foi aberto pra investigar o caso.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.