in

Adolescente de 16 anos salva namorada de afogamento, mas história tem fim trágico

Corpo dele foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros a sete metros de profundidade.

G1

Lucas Muniz da Rosa, de 16 anos, nadava com a namorada e com amigos em um local conhecido como prainha, no Rio Caiabi, em Sinop, cidade localizada a 503 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso. Tudo corria muito bem e os jovens estavam se divertindo bastante na tarde do domingo (6).

Publicidade

A namorada de Lucas, cuja identidade não foi divulgada, teria deixado um boné cair na água. Quando foi tentar buscar o objeto, acabou afundando e se afogou. Lucas não teve dúvidas e pulou na água para salvar a namorada. Esta foi a última prova de amor dele para ela.

O adolescente de 16 anos conseguiu puxar a namorada e salvá-la do afogamento. O problema é que Lucas teria caído em um buraco e se afogou. Houve muito desespero, o Corpo de Bombeiros foi chamado e os amigos indicaram onde Lucas teria caído.

Publicidade

Os homens do Corpo de Bombeiros mergulharam com os equipamentos apropriados para tal resgate e encontraram o corpo de Lucas a cerca de sete metros de profundidade, no local indicado pelos amigos e pela namorada. Familiares de Lucas que estavam no local reconheceram o corpo.

Publicidade

O Corpo de Bombeiros costuma orientar banhistas a sempre nadarem apenas em locais que conhecem. Além disso, rios e represas com águas turvas podem esconder muitos perigos, como buracos, toras de madeira, entre outras coisas.

Publicidade

O local mais seguro para nado é a piscina porque você sabe a profundidade antes de entrar e não há risco de ter perigos escondidos, mudança brusca de profundidade ou elevação do nível da água. O ideal é nada apenas em locais onde há equipes de salva-vidas de prontidão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!