in

Sobrinha de passageiro que morreu em acidente em MG relembra vídeo enviado antes de tragédia: ‘não deu tempo’

Acidente gravíssimo com ônibus alagoano deixou 19 mortos e mais de 20 feridos.

PRF

O trágico acidente ocorrido na tarde da última sexta-feira (04), no Km 350 da BR-381 comoveu milhares de brasileiros. Um ônibus que fazia, de forma irregular, o trajeto com passageiros de Alagoas a São Paulo acabou caindo de um viaduto, após perder freio. Dezenove pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas.

Publicidade

Entre a lista de óbitos já divulgada pelo Instituto Médico Legal de Belo Horizonte está Clemilton Santos do Nascimento. O passageiro chegou a enviar um vídeo sobre a viagem para a família cerca de 40 minutos do acidente acontecer. 

De acordo com Geovana Melo, sobrinha de Clemilton, o rapaz era pedreiro e morava em Guarulhos. Ele voltava para Campinhos, Alagoas, sua cidade natal, para rever os familiares e também tirar a carteira de habilitação.

Publicidade

Nas imagens enviadas à família, Clemilton mostrou passageiros dormindo e afirmou que a viagem corria de forma tranquila. 

Publicidade

“Disse que as mulheres ficavam na frente e os homens atrás. Eles iriam fazer uma parada para tomar banho e comer algo. Mas não deu tempo”, desabafou a sobrinha da vítima. 

Publicidade

Segundo ela, o pedreiro resolveu viajar de última hora. O rapaz morava em São Paulo desde jovem e costumava ajudar os familiares. Além disso, era um dos únicos da família que residem fora, que fazia visitas.

“De todos os três tios que tenho, ele era o único que visitava a gente. Sempre muito carinhoso. Vai fazer muita falta”, lamentou a jovem.

www.facebook.com/watch/?v=679108639346018

Motorista foragido

Nos instantes que antecederam a queda do ônibus, algumas pessoas conseguiram pular do veículo para a pista. Entre eles está o motorista, que se evadiu do local após o acidente e tem paradeiro incerto. A polícia já efetua buscas para o encontrá-lo, mas não o trata como foragido.

Publicidade
Publicidade
Publicidade