in

Primas de 4 e 7 anos morrem durante tiroteio no RJ; a mais nova faria aniversário no fim do mês

Emilly e Rebeca foram baleadas, socorridas por vizinhos, mas não resistaram e morreram.

Reprodução Globo

As primas Emilly Victoria Moreira Santos, de 4 anos, e Rebeca Beatriz Rodrigues dos Santos, de 7 anos, brincaram juntas pela última vez na noite desta sexta-feira (4). As duas moravam na comunidade Santo Antônio, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O local também é conhecida como Comunidade do Sapinho. Segundo familiares, Emilly completaria 5 anos ainda este mês.

Publicidade

Durante tiroteio na comunidade, Emilly foi baleada na cabeça e Rebeca levou um tiro no abdômen. Emilly e Rebeca foram socorridas por vizinhos e encaminhadas à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sarapuí, onde morreram. Duas crianças que brincavam com elas no momento conseguiram correr e não foram baleadas.

A família das meninas acusa a Polícia Militar. Em nota, a PM se defendeu dizendo uma equipe do 15º Batalhão de Duque de Caxias fazia o patrulhamento em uma rua da região. De acordo com a PM, foram ouvidos disparos de arma de fogo e a equipe que estava na região saiu em deslocamento sem dar nenhum tiro. 

Publicidade

Os corpos das primas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o crime. A avó de Rebeca, Lídia Moreira Santos, afirmou que quando desceu do ônibus ouviu os disparos. 

Publicidade

A mulher afirmou, em entrevista ao Jornal Hoje, da TV Globo, que foram pelo menos 10 disparos e culpou a Polícia Militar pelo ocorrido. Os corpos de Emilly e Rebeca foram enterrados em um cemitério de Duque de Caxias, neste domingo, sob forte comoção e com a presença de cerca de 200 pessoas, entre familiares e amigos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!