in

Pai que atendeu ocorrência da filha morta comove em desabafo: ‘Como é que vai ficar a dor da mãe? E eu?’

Acidente ocorreu no último sábado (26), na rodovia BR-226 e deixou duas pessoas mortas.

Metrópoles

Um grave acidente ocorrido no último fim de semana comoveu moradores da cidade de Macaíba, no Rio Grande do Norte. Acionado para atender uma ocorrência, o sargento da Polícia Militar Severino Góis descobriu ao chegar no local que as vítimas fatais tratavam-se de Gabriella Góis, sua filha, e João Vitor Silva, seu genro.

Publicidade

Desolado com o cenário encontrado, o policial disse ter buscado força em Deus para aceitar a trágica morte dos jovens de 19 e 21 anos respectivamente. 

Em entrevista ao telejornal Bom Dia RN, Severino Góis lembrou as brincadeiras da filha e destacou a preocupação com a esposa, também muito abalada pela perda. 

Publicidade

“E agora, como é que vai ficar a dor da mãe? E eu? Ela que ajeitava minha farda. Ela tava sempre brincando comigo, me chamando ‘e aí, coroa?'”, disse o sargento emocionado.

Publicidade

Segundo Severino Góis em entrevista para outro veículo de imprensa, a filha tinha o sonho de se tornar policial rodoviária federal, e era bastante estudiosa. Já João Vitor ajudava o pai em uma oficina, e gostava de praticar motocross.

Publicidade

O acidente

Gabrielle Góis e João Vitor colidiram lateralmente contra uma caminhonete que cruzava rodovia BR-226, em Macaíba. Diante do forte impacto, o casal de namorados foi arremessado para o interior do veículo, e não resistiu aos ferimentos. A ocorrência se deu por volta das 17h do último sábado (26).

O condutor da caminhonete abandonou o carro e se evadiu do local. 

Segundo familiares, João Vitor e Gabriella Góis estavam planejando anunciar o noivado em breve. A morte dos jovens causou forte comoção no município potiguar. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade