in

Homem de 54 anos mata companheira de 25 e morre carbonizado ao fugir da polícia

Após bater o carro, homem não conseguiu sair do veículo e morreu queimado.

Polícia Rodoviária Federal

Um homem de 54 anos se desentendeu com a companheira, de 25, em uma casa noturna de Realeza, no Paraná, no domingo (29). Na discussão, o homem atirou pelo menos duas vezes na mulher. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas a jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Publicidade

O homem, cuja identidade não foi revelada, pegou o carro e fugiu do local. Dirigindo pela PR-281, ele perdeu o controle do veículo e bateu em uma árvore. A Polícia Militar informou que soube do acidente do suspeito pelo crime na casa noturna quando atendia a ocorrência.

Na batida, o carro do homem de 54 anos pegou fogo, ele não conseguiu sair e morreu carbonizado. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informou que o veículo ficou totalmente destruído à beira da rodovia.
A imagem que abre essa reportagem mostra o estado do carro.

Publicidade

Corpos foram encaminhados ao IML

O corpo da mulher de 25 anos foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Francisco Beltrão. O corpo carbonizado do homem que a matou também foi encaminhado para o mesmo local. Não foram divulgadas informações sobre liberação dos corpos, velórios e enterros.

Publicidade

Levantamento do G1, feito em março deste ano, mostrou que o Brasil registrou 3.739 homicídios dolosos de mulheres em 2019. Houve redução de 14% em relação a 2018, mesmo assim o número é muito alto. Do total de óbitos entre as mulheres, 1.314 foram vítimas de feminicídios. Este foi o maior número já registrado desde que a lei sobre o tema entrou em vigor no ano de 2015.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!