in

Tragédia de Taguaí: morre a 42ª vítima do grave acidente entre caminhão e ônibus

Acidente ocorreu em um trecho perigoso da rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho na última quarta (25).

Foto: AP Photo/Juliano Oliveira - G1

O trágico acidente ocorrido na última semana entre um ônibus e um caminhão na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, em Taguaí, interior paulista, culminou na morte de uma pessoa. Neste domingo (29), mais uma vítima que estava no coletivo acabou não resistindo aos ferimentos e morreu. 

Publicidade

Identificado como José Paulo Luiz, o paciente estava internado em Avaré, interior de São Paulo, e se tornou o 42º óbito do trágico acidente. 

O ônibus que pertence à empresa Star Turismo transportava funcionários de uma empresa têxtil para mais um dia de trabalho, quando se chocou frontalmente contra um caminhão bi-trem que vinha em sua mão correta.

Publicidade

Divergências

Um inquérito já foi instaurado para apurar as causas do acidente. O motorista alega ter se deparado com uma falha nos freios do ônibus, fato que teria o obrigado a pegar a pista contrária para não bater na traseira de outro veículo de grande porte que ia à frente, quando acabou surpreendendo o motorista do caminhão que vinha na outra faixa da pista.

Publicidade

A versão do condutor, no entanto, é contestada por alguns passageiros que afirmam que motorista tentou uma ultrapassagem proibida. Tanto alguns sobreviventes como familiares de vítimas afirmaram em depoimento que ele era apressado ao volante e gostava de andar rápido.

Publicidade

Dias depois do acidente, o motorista prestou novo depoimento à polícia, e relatou estar sendo vítima de ameaças por conta do acidente. A identidade dele não foi revelada, e o mesmo se encontra em um local restrito e monitorado para não correr maiores riscos enquanto as investigações são realizadas. 

Publicidade