in

Intubado e na UTI devido à Covid-19, Maguito Vilela é eleito prefeito de Goiânia; quadro de saúde é delicado

Maguito foi diagnosticado com coronavírus no último dia 19 de setembro.

UOL | Divulgação

Neste domingo (29), ocorreu o segundo turno das eleições em algumas cidades do Brasil. A situação de um candidato específico vem chamando a atenção desde as eleições do primeiro turno. De acordo com o site UOL, Maguito Vilela (MDB), de 71 anos, foi eleito a prefeito de Goiânia. Ele está internado em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em São Paulo.

Publicidade

Maguito foi intubado após ter tido complicações decorrentes da Covid-19, e nem chegou a tomar conhecimento de que havia ido ao segundo turno com o candidato Vanderlan Cardoso (PSD). Maguito cumpriu 21 dias de agenda política até descobrir que estava com coronavírus.

O candidato do MDB foi eleito com 52,52% dos votos com 98,65% das urnas apuradas, contra 47,48% de Cardoso. Maguito está internado acerca de um mês e passou por inúmeras complicações de saúde. Até o momento, o político foi intubado duas vezes, e esta semana passou por um procedimento de traqueostomia para que possa respirar através da sonda.

Publicidade

Ainda segundo o site UOL, a situação de saúde de Maguito é tão delicada que não se sabe se ele chegará a tomar conhecimento sobre o resultado das eleições. O candidato ainda não tem previsão de alta hospitalar, e deverá permanecer intubado durante todo o mês de dezembro.

Publicidade

Caso o prefeito eleito venha a falecer até o dia da posse, seu vice assumirá o cargo. Com a ausência de Maguito, o filho do candidato, Daniel Vilela, assumiu a campanha do pai. O candidato do MDB terminou o primeiro turno liderando a votação, apesar de estar hospitalizado. O adversário do Vilela, Vanderlan Cardoso, chegou a dizer que o partido estaria transmitindo falsas informações sobre o real estado de saúde de Maguito.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade