in

Policial que atendeu acidente que matou própria filha comove ao falar sobre sonho da jovem: ‘Não deu tempo’

Jovem estava de carona em uma moto com o namorado, quando bateram brutalmente na lateral de uma caminhonete.

G1

Um trágico acidente ocorrido no último sábado (28), em Macaíba, no Rio Grande do Norte, causou forte comoção. Sargento da Polícia Militar, Severino Góis, foi acionado para uma ocorrência e, ao chegar ao local, descobriu que uma das vítimas fatais era sua filha, a jovem Gabriella Nascimento de Góis, de 19 anos.

Publicidade

Ela e o namorado trafegavam em uma motocicleta na BR-226, sentido Natal, quando colidiram lateralmente contra uma caminhonete. O impacto da batida foi tão forte que os dois foram arremessados contra o veículo, e acabaram entrando pela janela, falecendo ainda no local. O motorista abandonou o carro e se evadiu do local.

Quando chegou no local da ocorrência, Severino Góis foi informado por outro policial que as vítimas fatais eram a filha e o namorado dela, João Vitor Lima da Silva, de 21 anos. 

Publicidade

Força em Deus e sonho da filha

Abalado pela tragédia, Severino Góis contou em entrevista à Inter Cabugi, afiliada da TV Globo no Rio Grande do Norte, que no momento em que constatou que a filha havia morrido, buscou forças em Deus para não desabar.

Publicidade

Segundo ele, a jovem era bastante dedicada aos estudos e tinha o sonho de se tornar policial rodoviária federal, contudo, diante da tragédia, não houve tempo para isso. “Ela era uma menina estudiosa. Semana passada mesmo ela me disse que ia me dar muito orgulho, que ia ser policial rodoviária federal. Mas não deu tempo”, lamentou.

Publicidade

O corpo da jovem Gabriella Nascimento está sendo velado na residência da família que fica às margens da BR-226, onde o acidente foi registrado. Até o fechamento desta matéria não há informações sobre o motorista da caminhonete.

Publicidade
Publicidade
Publicidade