in

Menina de 8 anos morre eletrocutada em enfeite de Natal e caso gera comoção: ‘imagine a mãe dessa criança’

Caso se deu no centro de Caldas Novas, município do interior de Goiás, população está revoltada com prefeitura.

O Popular

Uma menina de 8 anos morreu na noite da última sexta-feira (27), em Caldas Novas, após ser vítima de uma descarga elétrica de enfeites natalinos situados na Praça Mestre Orlando, no centro da cidade goiana.

Publicidade

De acordo com informações da Polícia Civil, a criança chegou a ser socorrida por uma equipe do Samu e, posteriormente foi levada para uma unidade hospitalar, mas acabou não resistindo aos ferimentos. Um inquérito já foi aberto para apurar as circunstâncias e responsabilidade da morte da criança. 

Estrutura ‘energizada’

Em um dos trechos do boletim de ocorrência, obtido pelo G1, policiais militares relataram que um eletricista da prefeitura foi até a praça após o ocorrido e constatou que a ferragem onde estavam instados os anjos decorativos estavam energizada. Para evitar outro acidente, a fonte de distribuição de energia da decoração foi desligada. 

Publicidade

O local foi isolado para a realização da perícia e as investigações já foram iniciadas.

Publicidade

Revolta e comoção

Em nota oficial publicadas nas redes sociais, a Prefeitura de Caldas Novas lamentou  o ocorrido, e se colocou à disposição das autoridades. Segundo o comunicado, o serviço de decoração é feito por uma equipe de profissionais experientes e que já realizam serviço de decoração natalina há 10 anos no município.

Publicidade

Apesar do posicionamento da prefeitura, diversos moradores mostraram um sentimento de revolta contra a atual gestão e manifestaram solidariedade aos familiares da criança. 

“Tem que ter Justiça, uma criança de 8 anos perde a vida por irresponsabilidade, pense na mãe dessa criança nesse momento”, disse uma internauta na postagem. 

“Isso não foi uma fatalidade, isso foi uma irresponsabilidade, inadmissível”, pontuou outra. 

“Meu Deus que tristeza, família linda que conheço. Deus dê muita força nesta hora”, disse outro internauta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade