in

Sobreviventes: 5 pessoas recebem alta hospitalar após acidente em rodovia de Taguaí

Outros seis seguem internados em hospitais do interior de São Paulo; acidente aconteceu na quarta-feira (25).

GloboNews / G1

Cinquenta e duas pessoas estiveram envolvidas no acidente entre um ônibus e um caminhão, no quilômetro 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, entre Taguaí e Taquarituba, interior de São Paulo, na manhã da última quarta-feira (25).

Publicidade

Do total de pessoas, 51 estavam no ônibus – 50 passageiros mais o motorista – e uma estava no caminhão. Quarenta e uma pessoas morreram, incluindo o motorista do caminhão. Onze seguiam internadas até ontem. A boa notícia é que cinco feridos receberam alta hospitalar.

A alta hospitalar acontece quando os médicos entendem que não é mais necessário o paciente seguir recebendo atendimento em um hospital. Este tipo de alta é diferente da alta médica, em que o paciente não precisa mais receber nenhum cuidado.

Publicidade

Das seis pessoas que seguem internadas, dois estão na Santa Casa de Itaí – cidade onde morava a maior parte das vítimas, dois na Santa Casa de Avaré, um está no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu e um no pronto-socorro de Avaré. 

Publicidade

A identidade dos sobreviventes – tanto dos que receberam alta, quanto dos que seguem internadas – não foram reveladas. Nesse grupo, está o motorista do ônibus, que pode responder por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). 

Publicidade

Mortos no acidente foram enterrados ontem

Dos 41 mortos no acidente entre ônibus e caminhão, 39 foram enterrados na cidade de Itaí da madrugada até a manhã de quinta-feira. A movimentação no cemitério municipal foi grande e a prefeitura disponibilizou geradores para que os enterros pudessem ser realizados durante a madrugada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!