in

Mulher de caminhoneiro morto em trágico acidente que vitimou 41 pessoas comove em desabafo: ‘Cheio de planos’

Jovem de 22 anos foi uma das vítimas fatais do grave acidente ocorrido no interior de SP nesta manhã (25).

G1

O gravíssimo acidente ocorrido às margens do km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho, nesta manhã de quarta-feira (25), entre um ônibus e um caminhão, deixou um saldo negativo de 41 mortos e diversos feridos. 

Publicidade

Em entrevista ao G1, a companheira do motorista do caminhão, uma das vítimas fatais do acidente, comoveu ao relembrar a última conversa que teve com ele. Geison Gonçalves tinha 22 anos, e havia acabado de pegar estrada ao lado de um amigo, quando foi surpreendido pelo ônibus desgovernado, que invadiu a pista contrária. 

“Ontem, foi nossa última conversa à noite, quando ele me disse que tinha parado para dormir, que hoje acordaria cedo para viajar”, lembra.

Publicidade

Após liberação, o corpo de Geison Gonçalves seguiu para o velório no distrito Abapã, no Paraná. Ainda na entrevista, a companheira da vítima desabafou sobre a perda repentina. 

Publicidade

“Está sendo um momento muito difícil. Era um jovem trabalhador, era cheio de planos. Passamos o final de semana juntos, me contou dos seus planos para o futuro”, lamentou ela.

Publicidade

Sem freio

De acordo com informações da Polícia Civil, o motorista do ônibus relatou que o veículo acabou perdendo freio, e ao se deparar com a frenagem brusca de outro ônibus que ia à frente, invadiu a pista contrária e não conseguiu evitar a colisão brutal contra o caminhão que Geison dirigia. 

Com o impacto da batida, diversas funcionários de um empresa têxtil que vinham no ônibus, ficaram presos nas ferragens. O caminhão por sua vez, ainda invadiu uma propriedade rural próxima do local do acidente, uma descida. 

Publicidade
Publicidade