in

Médico faz desabafo comovente sobre atendimento às vítimas de acidente que matou 40 e pede: ‘Orem por nós’

Acidente gravíssimo ocorreu na manhã desta quarta-feira (25), em Taguaí, interior de São Paulo.

G1

Um acidente de grande proporção registrado nesta manhã no interior de São Paulo deixou 40 mortos. Em causas que ainda estão sendo apuradas, um ônibus que transportava trabalhadores de empresa têxtil se chocou contra um caminhão na altura do km 172 da Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho.

Publicidade

O grave acidente deixou pessoas presas entre as ferragens. De acordo com informações preliminares, 52 funcionários estavam no ônibus no momento do ocorrido, sendo que 37 morreram ainda no local e outros três faleceram a caminho ou no hospital.

Um dos médicos responsáveis pelo atendimento às vítimas na Santa Casa de Taquarituba disse que as equipes estão buscando a transferência de algumas das vítimas do acidente para unidades hospitalares mais estruturadas.

Publicidade

Em vídeo enviado ao G1, o médico intensivista Gabriel Ortega fez um desabafo comovente, pedindo orações. Segundo ele, a unidade em que ele trabalha recebeu seis vítimas do acidente, sendo que duas delas chegaram a óbito, três estão na UTI, em estado grave, e outra ocupa a enfermaria com algumas escoriações. 

Publicidade


“Prestamos nossas condolências às famílias e pedimos a todos que orem por nós e que estejam torcendo por nós nesse momento tão difícil”
, desabafou o médico Gabriel Ortega, que acabou sendo deslocado da UTI para o Pronto-Socorro para que pudesse auxiliar no atendimento das vítimas do acidente. 

Publicidade

Suspeita

A Polícia Militar investiga o caso. A suspeita inicial é de que o acidente foi provocado após uma ultrapassagem proibida. O trecho onde a colisão ocorreu é de descida. Logo após bater fortemente contra o ônibus, o bi-trem invadiu uma propriedade rural vizinha.

Publicidade
Publicidade
Publicidade