in

Homem agride a própria mulher em motel do RJ, divulga o vídeo na internet e tudo acaba mal

Vídeo foi publicado nas redes sociais e causou revolta; homem fugiu do local quando mulher pediu socorro.

Reprodução Record TV

Os crimes contra as mulheres são pragas que assolam o Brasil e preocupam as autoridades. Uma mulher do Rio de Janeiro sofreu na pele as agressões vindas do próprio marido, com quem estava casada há pouco mais de um ano. O homem é um empresário de 42 anos, identificado como Adriano Oliveira.

Publicidade

As agressões aconteceram no interior de um motel da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Após cometer o crime, o homem divulgou as imagens das agressões nas redes sociais. Tudo foi gravado com o celular da vítima. O homem diz no vídeo que se sentiu enganado pela mulher.

Tudo porque, segundo ele, ela seria garota de programa. Durante a filmagem, o homem fica com as mãos no pescoço da mulher e diz que descobriu que ela é prostituta. A agressão só terminou quando a mulher pediu socorro.

Publicidade

Funcionários do motel foram até o quarto e o homem fugiu do local. Adriano levou o celular da vítima. O caso teria ocorrido há cerca de duas semanas e foi registrado no 16º Distrito Policial da Barra da Tijuca. As imagens só foram divulgadas agora.

Publicidade

Para se proteger, a mulher entrou com um pedido de medida protetiva contra o agressor. Como ele descumpriu, acabou preso na cidade de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A Record TV informou que há três inquéritos contra Adriano Oliveira e todos de crimes contra mulheres.

Publicidade

Ele é acusado de pornografia de vingança, injúria, crimes cibernéticos e tentativa de feminicídio. A polícia também abriu investigação por cárcere privado. A mulher ficou por cerca de quatro horas no motel contra a sua vontade.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!