in

Família fica revoltada após menina negra ser encoberta em propaganda da escola

O fato deixou os pais revoltados e a família decidiu registrar um boletim de ocorrência.

G1

Infelizmente, o racismo ainda é um grande problema social que assola o Brasil. Muitos casos são noticiados diariamente e provocam revolta. Na última semana, um caso ganhou repercussão nacional após terminar de forma trágica. Um homem negro foi morto no estacionamento do supermercado Carrefour. Os acusados do crime são dois seguranças brancos.

Publicidade

Inclusive, a morte do homem negro no supermercado Carrefour gerou uma grande onda de protestos pelo país. O Fantástico desse último domingo, 22 de novembro, abordou o assunto e revelou detalhes do depoimento de uma das testemunhas do caso que revoltou a população brasileira.

Agora, o Brasil se depara com mais um suposto caso de racismo, porém desta vez a vítima é uma criança de apenas 10 anos. A família da menina fez questão de prestar queixa e registrou um boletim de ocorrência contra a instituição de ensino. O motivo foi que a escola onde a garota estuda tampou a estudante em uma propaganda nas redes sociais da instituição. O fato deve ser apurado pelo 7º Distrito Policial.

Publicidade

Publicidade

Segundo informações que estão no registro, o pai da aluna relatou que estava na residência de amigos quando a filha se deparou com a propaganda feita em uma postagem no perfil do Colégio Domus Sapiens. O anúncio publicitário tinha quatro garotas, sendo três delas da cor branca e uma negra.

Publicidade

Na arte da propaganda, tinha um texto que dizia: “Importante na escola não é só estudar, é também criar laços de amizade e convivência – Paulo Freire”. Conforme o pai da menina disse, a família acabou recebendo mensagens demostrando indignação pela postagem. Contudo, a unidade ensino foi informada pelos parentes da estudante e retirou a publicação.

Uma nova fotografia foi repostada pela escola e desta vez sem a arte, mostrando as quatro estudantes. O delegado responsável pelo caso deve ouvir todos os envolvidos no caso nos próximos dias.

A escola divulgou uma nota para poder explicar a situação e disse que a ocultação da imagem da estudante em questão não teria sido de maneira proposital, mas foi uma questão de posicionamento em virtude da caixa de texto na arte.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.