in

Menina de 11 anos morre afogada em rio; pai desesperado tenta salvá-la e desaparece

Corpo dele foi encontrado na manhã desta segunda-feira, em rio do Rio Grande do Sul.

Mapio

Claudiomar Slongo, de 41 anos, a filha, Laura Slongo, de 11, e mais duas pessoas passeavam às margens do Rio Forquilha, na cidade de Santo Expedito do Sul, no Rio Grande do Sul, na tarde de domingo (22), quando uma tragédia aconteceu. 

Publicidade

O socorrista Voldinei Sebben contou detalhes do ocorrido. “Eles estavam aproveitando o dia no camping, junto ao rio, e caminhavam. O rio tem aproximadamente 50 metros de largura. Eles estavam em um lugar raso e andaram 500 metros para cima quando a menina deu um passo e sumiu no buraco”, detalhou.

Ao ver a menina caindo no poço, o pai não teve dúvidas e pulou no local para tentar salvá-la. Nenhum dos dois voltou. O Corpo de Bombeiros foi acionado e o corpo da menina foi encontrado horas depois do afogamento. A busca por Claudiomar continuou até a manhã de hoje, quando o corpo do homem de 41 anos foi encontrado sem vida.

Publicidade

Pai e filha morrem em afogamento no Rio Grande do Sul

A morte de Claudiomar e da filha Laura, infelizmente, representam uma triste realidade brasileira. Afogamentos são uma das maiores causas de mortes no país. Cerca de 5.700 pessoas morreram afogadas todos os anos no Brasil. Em muitos desses casos, 15%, o álcool está envolvido no afogamento.

Publicidade

Não foi este o caso de Claudiomar e Laura. A fatalidade envolvendo pai e filha não teve nada a ver com o consumo de álcool. Ao nadar em mares e rios, é preciso ficar atento a uma série de fatores que podem causar afogamentos. O local mais seguro para nadar é a piscina, cuja profundidade já pode ser conhecida por inteiro antes de entrar na água, não há ondas nem buracos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!