in

Vídeo traz revelações e mostra últimos minutos de João Alberto no Carrefour antes de ser morto

Trecho mostra comportamento de Beto, funcionária e seguranças antes do início das agressões.

UOL

O caso de espancamento de um homem negro até a morte ocorrido em uma unidade do supermercado Carrefour, em Porto Alegre, tem gerado grande revolta dos brasileiros. Na manhã deste sábado (21), o portal UOL trouxe de forma exclusiva imagens do circuito interno de segurança do estabelecimento onde João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi assassinado.

Publicidade

Imagens mostram minutos antes do cliente ser agredidos por dois seguranças do local, um deles policial militar temporário. 

Na gravação, é possível ver João Alberto ao lado da sua esposa no caixa, que esta passando as compras. A vítima se afasta, e fica próxima de uma parede no outro lado do corredor, próximo de um segurança. 

Publicidade

Em entrevista ao UOL na última sexta, a esposa de Beto, como era conhecido, disse que ele brincou com uma segurança, que se sentiu ofendida e chamou os dois seguranças, que passaram a segui-lo. No trecho exibido, não é possível identificar para quem ele faz o gesto positivo com o polegar.

Publicidade

Assista o vídeo obtido pelo UOL

Pouco tempo depois após o gesto, a funcionária se aproxima, fala com ele e se dirige ao segurança que está próximo. Na sequência, ela volta até Beto e outro homem se aproxima, os quatro posteriormente saem de cena. 

Publicidade

No depoimento à polícia, a funcionária do Carrefour relatou que Beto desferiu um soco em um dos homens. Embora o vídeo revelado não mostre o ato, a delegada Roberto Bertoldo, responsável pelo caso, já disse que analisou as imagens na íntegra e identificou a agressão do cliente em um dos seguranças. 

O episódio ocorrido na unidade de Porto Alegre gerou uma onda de protestos espalhados por todo o país, na última sexta-feira (20). Apesar de todo o cenário, as ações do Carrefour na Bolsa de Valores encerraram o dia de ontem em alta. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade