in

Dor, lágrimas e saudade: corpo de João Alberto é velado em Porto Alegre

Homem de 40 anos foi morto por seguranças de uma unidade do Carrefour da capital gaúcha.

Tiago Guedes RBS TV / Arquivo pessoal João Aberto

O corpo de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi velado na manhã deste sábado (21), no Cemitério São João, zona norte de Porto Alegre. A morte de João Beto, como era conhecido pelas pessoas próximas, repercute em todo o Brasil desde ontem.

Publicidade

No Dia da Consciência Negra, os vídeos que mostraram João Beto sendo espancado por dois seguranças do Carrefour viralizaram nas redes sociais e causaram repulsa e comoção em muita gente. O homem negro morreu por asfixia, de acordo com laudo preliminares.

Tudo aconteceu na noite de quinta, quando ele e a esposa, Milena, foram ao Carrefour de Porto Alegre. Após desentendimento, o homem foi espancado por seguranças da loja. Os dois homens, identificados como Magno Braz Borges
e Giovane Gaspar da Silva, foram presos.

Publicidade

Eles devem ser indiciados por homicídio triplamente qualificado. Um deles era policial militar provisório e está detido em um presídio militar. A morte de João Beto causou uma onda de protestos em todo o Brasil. Em Porto Alegre, manifestantes foram para a frente da loja onde tudo aconteceu. Em São Paulo, uma unidade do Carrefour foi depredada por vândalos revoltados.

Publicidade

Velório conta com a presença de familiares e amigos

Devido à pandemia do coronavírus, os presentes ao velório de João Beto usavam máscaras. O velório começou pouco antes das 9h e a previsão era de que terminasse às 11h30, quando ocorreria o sepultamento. Em cima do caixão de João Beto há uma bandeira de seu clube de coração, o São José. Na foto acima, é possível ver a esposa de João Beto, em pé, ao lado do caixão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!