in

Igreja cria mercado solidário e resgata dignidade de famílias carentes com criação de moeda própria

O projeto tem ajudado muitas famílias desde o mês de agosto deste ano.

GAZ

Uma igreja evangélica teve uma ideia para poder ajudar famílias nesse momento de crise que o mundo atravessa em virtude do coronavírus. Neste último sábado, 14 de novembro, foi dia de rancho na Igreja Evangélica Pentecostal Ministério Sião, em Santa Cruz do Sul.

Publicidade

O estoque de alimentos não-perecíveis e também de produtos de limpeza foi reforçado com aproximadamente 700 quilos. O destino são famílias carentes moradoras dos bairros da Zona Sul.

O mercado solidário é uma parceira com doadores anônimos e também instituições que já estão no segundo mês ajudando no resgate da cidadania de famílias, além de ensinar o consumo consciente. O mercado solidário é parte de um projeto da Igreja Evangélica Filhos de Sião, que está sob a coordenação de Luander Oliveira.

Publicidade

A ideia do projeto surgiu no mês de agosto. Para participar a pessoas precisa ser cadastrada no Ministério Sião. De acordo com o idealizador, o objetivo é que resgatar a dignidade, já que a pessoa não vai simplesmente receber uma doação de cesta básica. Ela tem a oportunidade de escolher o produto que precisa levar para casa.

Publicidade

Além da questão do auxílio com os alimentos, o projeto ainda ensina o consumo racional. As pessoas que se cadastram para participar da compra mensal conseguem adquirir mercadorias avulsas, conforme a necessidade.

Publicidade

O indivíduo cadastrado recebe um credito para realizar as compras. O projeto criou uma moeda chamada de Solidário. O valor do crédito vai variar entre 20 a 35 Solidários. Os valores dependem de quantas pessoas tem na família.  

Os produtos encontrados nas prateleiras do Mercado Solidário estão além daqueles que compõem itens básicos de uma cesta comum. As famílias encontram produtos de limpeza, xampu e condicionador para os cabelos, aparelho de barbear e, até mesmo, absorvente. E o projeto quer inovar ainda mais desenvolvendo um sistema de controle digital para a realização das compras.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.