in

Velório de família morta em desabamento de falésia é cercado de grande comoção: ‘sem entender o porquê’

Hugo Pereira, esposa e o filho de apenas 7 meses foram vítimas fatais de desabamento de falésia no RN.

G1

Vítimas fatais de um trágico acidente de desabamento de uma falésia na Praia do Pipa na última terça-feira (17), o casal Hugo Pereira e Stella Souza foram velados junto com o pequeno filho Sol, de apenas 7 meses nesta quarta-feira, em uma pousada. O sepultamento dos três estava previsto para acontecer ainda nesta manhã, no cemitério público de Tibau do Sul.

Publicidade

Hugo aproveitava a folga com a família, quando os três acabaram surpreendidos por um desabamento de parte de uma falésia. Os três morreram ainda no local. O cachorro da família, que estava com eles no momento do incidente, também não resistiu. 

Natural de Jundiaí, Hugo morava em Pipa há pouco mais de dois anos. Ele tinha uma ligação direta com natureza e viagens, e ficou bastante conhecido após viajar o Brasil dentro de uma Kombi adaptada com sua cachorra Brisa, falecida no ano passado. De acordo com testemunhas, a família estava sentada próxima a uma falésia que acabou desabando.

Publicidade

O pai de Hugo chegou a Pipa na noite de ontem, e não quis falar com a imprensa. Em entrevista ao G1, Pedro Holanda, gerente do hotel onde Hugo trabalhava lamentou a trágica morte da família. 

Publicidade

“O Hugo era um ser humano espetacular, sempre com um sorriso no rosto, alto astral, estava muito feliz de ser pai. Era um cara muito família, gostava muito de animais, da natureza. Era um ser humano iluminado. A gente fica consternado, sem entender o porquê de tudo isso estar acontecendo”, disse Pedro.

Publicidade

Gesto comovente

No resgate inicial feito ainda por pessoas que estavam próximas do local no momento do acidente, notou-se que a mãe tentou proteger o bebê abraçando-o. Retirado dos braços da mãe ainda com vida, a criança não resistiu aos ferimentos e morreu logo depois.

Publicidade