in

Casal que morreu em desabamento de falésia iria reabrir hostel em dezembro: ‘contando os dias pra voltar’

Parte de uma falésia desmoronou sobre casal e bebê de apenas 1 anos de vida na última terça-feira (18).

Reprodução - Instagram

Um trágico acidente comoveu os moradores Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte, no início da tarde da última terça-feira (17). Um casal local, aproveitava o dia na Praia do Pipa, principal ponto turístico do estado nordestino, quando foram surpreendidos pelo desabamento de parte de uma falésia. Além dos dois, o bebê filho do casal, de apenas um ano, e um cachorro também ficaram soterrados, e não resistiram. 

Publicidade

Com uma ligação direta com natureza e viagens, Hugo Pereira pretendia reabrir o seu hostel em Pipa no próximo mês. Por conta da pandemia do coronavírus, o casal decidiu suspender as atividades para retornar cumprindo todas as recomendações das autoridades de saúde e com segurança para os hóspedes. 

Em uma publicação feita em julho, a página oficial do hostel Morada da Brisa, trouxe alguns detalhes do projeto de retorno. 

Publicidade

“Está sendo um tanto desafiador para nós conseguirmos manter o projeto, mas graças a Deus estamos de pé e muito firme no propósito. A família unida, o bebê crescendo com muita saúde e tudo sendo cuidado com muito carinho“, diz a postagem. 

Publicidade

Celebração bonita

Hugo, de 32 anos e a esposa Stella Souza, de 33, planejavam uma celebração bonita para a reabertura do hostel, e vinha trabalhando de portas fechadas para se readequar ao cenário de pandemia. 

Publicidade

Em uma publicação recente, Hugo não escondeu a ansiedade para voltar aos trabalhos no atendimento dos hóspedes. 

“Estamos contando os dias para voltar. Nesse momento não teremos mais quartos compartilhados em respeito a tudo que vem acontecendo no mundo, teremos suite família, suíte casal e quarto para amigos”, disse o empresário.

O acidente

Hugo e a esposa aproveitavam o dia de folga com o filho Sol na Praia do Pipa quando parte de uma falésia desabou sobre eles. De acordo com socorristas, a mulher ainda tentou salvar a criança o protegendo do desmoronamento e estava abraçada com ele quando o resgate foi feito.

O bebê ainda apresentava sinais vitais quando foi retirado dos braços da mãe, recebeu atendimento de reanimação, mas acabou não resistindo aos ferimentos. O velório do casal e do bebê está sendo realizado nesta quarta-feira (18), em Pipa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade