in

Prefeito eleito em GO morre por complicações da Covid-19 um dia após vitória nas urnas e cidade fica abalada

Candidato teve piora significativa no quadro de Covid-19 no último fim de semana, e acabou não resistindo.

Reprodução - TSE

A pandemia do coronavírus segue assolando a população nacional em larga escala. Em Itaguaru, município de Goiás, o prefeito Edilson Figueira, popularmente conhecido como Didi Figueira (PTB), não resistiu às complicações da Covid-19, e morreu na última segunda-feira (16), horas depois de ter vencido as eleições no município. 

Publicidade

De acordo com familiares do político, ele apresentou uma piora no quadro de saúde no último fim de semana, e veio à óbito, em um hospital de Goiânia. 

Em pronunciamento, Renato Marques, secretário do PTB, informou que a morte de Didi ocorreu na noite da segunda, e deixou todos abalados

Publicidade

Internação

Didi Figueira deu entrada na unidade hospitalar no dia 1º de outubro, após apresentar os primeiros sintomas da Covid-19. Com o quadro clínico se agravando, ele precisou ser entubado e transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No dia 30 de outubro, o político foi retirado da ventilação mecânica, e ele chegou a aparecer em um vídeo com uma máquina de oxigênio fazendo um sinal de positivo. 

Publicidade

Apesar da melhora, o quadro dele voltou a piorar. Segundo a esposa de Didi, Darcimeire Fernandes, em vídeo publicado nas redes sociais, os familiares foram fazer uma visita para informar sobre a vitória nas urnas e foram abordados pelos médicos que passaram o cenário de piora do paciente. 

Publicidade

Informações sobre velório e sepultamento ainda não haviam sido revelados até o fechamento desta matéria. 

Vitória nas urnas

Disputando o pleito eleitoral em Itaguaru, Didi Figueira teve 2.368 votos, o equivalente a 53,90%. Representante do PTB, ele derrotou Chitão (PP), que recebeu 1.936 votos, ou seja 44,07% dos votos válidos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade