in

Padre é preso suspeito de dirigir bêbado e provocar acidente que matou motociclista; ele quase foi linchado

Lado esquerdo do veículo Renault Stepway ficou totalmente destruído; motociclista morreu no local.

Foto: Amy Nascimento/TV Paraíba

Um padre de Campina Grande, capital da Paraíba, se envolveu um acidente de trânsito na noite do último domingo (15), que registrou uma morte. Suspeito de estar ao volante embriagado, o religioso causou o acidente na BR-104, na altura do município de Esperança.

Publicidade

De acordo com informações iniciais da Polícia Civil, o padre identificado apenas como Assim, apresentava sinais evidentes de embriaguez. Ele invadiu a faixa contrária da pista, e colidiu contra uma motocicleta, que vinha no sentido oposto.

O condutor da motocicleta, identificado apenas como Vando, não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo ainda no local do acidente. Passageiro no veículo de duas rodas, outro homem ficou gravemente ferido. A segunda vítima foi encaminhada para o Hospital de Trauma de Campina Grande, ele foi submetido a um procedimento cirúrgico, e segundo as últimas informações tinha um quadro de saúde estável. 

Publicidade

Problemas na delegacia

Segundo informações passada pela Polícia Rodoviária Federal, o religioso se recusou a fazer o teste do bafômetro no local do acidente – que segundo a lei não é algo obrigatório. Encaminhado para a Delegacia de Esperança, o padre Assis por muito pouco não é linchado pelos familiares da vítima fatal do acidente, que foram registrar um Boletim de Ocorrência.

Publicidade

Uma confusão generalizada foi formada, e por questões de segurança, o religioso teve que ser conduzido para a Central de Polícia Civil da capital paraibana, situada há acerca de 30 Km de Esperança. O caso seguirá em investigação, e até o fechamento desta matéria, o sacerdote permanecia preso. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade