in

Nova esperança: pesquisadores criam spray capaz de inativar a Covid-19 e reforçar proteção em máscaras

A tecnologia foi criada por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Estadão | Divulgação

Em meio à pandemia causada pela Covid-19, cientistas vem buscando maneiras de combater o vírus que já fez mais de 1,3 milhões de vítimas no mundo. Até o momento, nenhuma vacina foi aprovada e considerada 100% eficaz, apesar dos estudos estarem avançados em vários países. Enquanto não surge a vacina, pesquisadores buscam meios de frear a doença.

Publicidade

De acordo com o jornal Estadão, cientistas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo, anunciaram a criação de um spray capaz de inativar o vírus Sars-CoV-2, da Covid-19. Tal tecnologia pode ser utilizada para a fabricação de máscaras e outros equipamentos de segurança contra a doença.

Segundo Marisa Masumi Beppu, professora da Faculdade de Engenharia Química, a tecnologia impede que a Covid-9 se replique. A professora garantiu que a eficácia do produto foi comprovada em laboratório e está disponível para empresas interessadas na fabricação.

Publicidade

As máscaras hoje são barreiras físicas contra as gotículas que podem conter o vírus e a ideia é que, com esta tecnologia, possam oferecer proteção também para eliminar o vírus”, explica Beppu. Em testes laboratoriais, o produto mostrou eficácia de mais de 99% dos casos.

Publicidade

Publicidade

Além da eficácia, o produto pode ser produzido pelas empresas com baixo custo. Ainda de acordo com o jornal Estadão, o custo do produto para recobrimento de máscaras gira em torno de R$ 0,2 por máscara. Enquanto a vacina contra o coronavírus não é liberada, especialistas seguem recomendando práticas como o isolamento social e o uso de equipamentos de proteção.

Publicidade
Publicidade
Publicidade