in

Mãe é presa suspeita de matar suas próprias filhas porque seus órgãos ‘valeriam muito dinheiro’

A mulher viu em um filme que pessoas ficavam ricas vendendo órgãos de gente morta.

Uol

Uma mulher de 26 anos de idade, residente na Cidade de Las Vegas, situada em Nevada nos Estados Unidos, é suspeita de matar suas duas filhas e dizer ao pai delas que os órgãos valeriam muito dinheiro. A exata causa da morte das meninas ainda está sendo investigada pela polícia competente.

Publicidade

Amanda Sharp-Jefferson foi detida nesta sexta-feira (6) acusada de assassinato. Seu namorado, Jaykin Singleton, foi quem a denunciou. Ele teria encontrado a mulher ao lado das duas filhas do casal, que neste momento já estavam sem vida.

Publicidade

Publicidade

Rose, de apenas um ano de idade, e Lily, de dois, tiveram seus corpos, já sem vida, empilhados em um balanço de bebê, segundo informações do boletim de ocorrência que foi verificado pelo Review Journal.

Publicidade

Jaykin relatou à polícia em seu depoimento que, ao se deparar com a situação, a mulher insistiu em tentar acalmá-lo, alegando que os órgãos das meninas valeriam muito dinheiro. De acordo com informações do Fox 5 Vegas, posteriormente ela foi perguntada sobre essa precificação dos órgãos da filha, na oportunidade, respondeu que teria visto isso em um filme, no qual as pessoas ficavam ricas vendendo órgãos de pessoas mortas.

O casal mantinha um relacionamento sério desde o ano de 2018 e, até então, não tinham tido problemas sérios. Porém, recentemente, o homem relatou que sua mulher teria começado a discorrer sobre um mundo espiritual alternativo.

A mulher não confessa o crime e nega sua autoria. Ela afirma que teria sido vítima de uma armação, onde sequer não conhece o homem que diz ser seu namorado, e também alega não ter nenhuma filha. A polícia informou que foi encontrada maconha no apartamento da mulher. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rafael F.

Rafael Ferreira é um escritor apaixonado pelo que faz. O que começou como um hobbie, hoje virou profissão, com seu ingresso na faculdade de Jornalismo. Busca sempre manter seus leitores por dentro dos assuntos da atualidade, seja no Brasil ou no mundo. É responsável por levar entretenimento e cultura com a qualidade que é devida de um redator da i7 Network. Sinta-se a vontade para entrar em contato pelo Instagram @rafaelferreiraa7.