in

Candidato a prefeito morre após sofrer mal súbito durante live e caso provoca comoção: ‘Não temos palavras’

Paulo Sérgio Cyrillo estava participando de uma rodada de perguntas em uma seção virtual da OAB.

Reprodução - Metrópoles

Candidato à Prefeitura do município de Bom Jesus do Itabapoana, situado no norte do Rio de Janeiro, Paulo Sérgio Cyrillo (Republicados), de 73 anos, morreu durante a transmissão ao vivo. O político acabou sofrendo um mal súbito, e não resistiu.

Publicidade

De acordo com a assessoria de imprensa do candidato, ele estava concedendo uma entrevista à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), disponível inclusive no YouTube, quando passou mal.

Responsável por presidir a 17ª Subseção da OAB em Bom Jesus do Itabapoana, Gilberto Cardoso de Matos, disse em entrevista ao jornal Extra, que estava planejada uma rodada de perguntas aos candidatos a prefeito com parceria com a Faculdade Metropolitana de São Carlos (Famesc), quando a fatalidade aconteceu. 

Publicidade

Publicidade

Nota

Através de uma nota divulgada nas redes sociais, a Famesc desabafou sobre o ocorrido e prestou solidariedade aos familiares de Paulo Sérgio Cyrillo.

Publicidade

“Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames”, lamentou a nota emitida pela universidade.

Home-office

Por conta da pandemia do coronavírus, as lives e videoconferências se tornaram as principais alternativas para muitas entidades e empresas e instituições para que o trabalho não fosse paralisado, principalmente se tratando de pessoas mais idosas, que compõem o grupo de risco da doença. 

No Congresso Nacional e na Câmara de Vereadores de muitos municípios pelo Brasil, a prática foi adotada como solução para o cenário adverso da pandemia.

Publicidade