in

Irmãos deficientes viveram por 2 anos com a mãe morta dentro de casa: ‘Não sobrou nada além de ossos’

A descoberta somente aconteceu porque um policial esteve no local para cumprir ordem de despejo.

Crescer

A morte de Laronda Jolly, de 56 anos, está sendo apurada pela polícia dos Estados Unidos. Os quatro filhos da mulher, todos deficientes, foram achados dentro de um apartamento com o cadáver da mãe em cima da cama. O corpo da mulher estava escondido debaixo de uma pilha de roupas.

Publicidade

A descoberta foi feita por um policial que foi cumprir um aviso de despejo na casa da mulher. O agente chegou à casa de Laronda Jolly, no Tennessee, e se deparou com a cena chocante. De acordo com as autoridades locais, os quatro filhos da mulher são adultos, mas tem deficiência intelectual e física. Eles continuaram morando na casa depois que a mãe morreu e enquanto seu corpo estava na cama.

Um dos filhos da americana falou aos investigadores que achavam que a mãe tivesse morrido a cerca de dois anos. Contudo, o irmão de Larona, Anthony Jolly, acredita que a irmã tenha falecido em 2018. “Não sobrou nada além de ossos, era apenas um esqueleto. Liguei para minha sobrinha e perguntei há quanto tempo minha irmã estava falecida e quando ela disse desde o início de 2017 – fiquei chocado”, falou Anthony durante uma entrevista a um canal local.

Publicidade

De acordo com Anthony, ele e a irmã eram muito próximos, e costumavam ligar ocasionalmente para poder ver como tudo estava. O homem contou que nos últimos anos, toda vez que entrava em contato, os sobrinhos diziam que a mãe não estava em casa. Isso fez com que entrasse contato com os policias para fazer uma verificação. No entanto, somente ficou sabendo depois sobre a ordem de despejo e da morte da irmã.

Publicidade

O Ministério de Nashville Inner City está à procura de um guardião responsável para ficar com os filhos de Laronda. Eles aguardam uma decisão até que o órgão responsável tome as providências cabíveis.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.