in

Morre vítima da Covid-19, bispo da Assembleia de Deus: ‘deixa imensas saudades’

O bispo era muito admirado pelos fiéis e respeitado pelas autoridades que lamentaram a perda.

Pinterest

O meio evangélico perdeu mais um dos seus grandes nomes, bispo Abigail Carlos de Almeida, de 85 anos, morreu durante a madrugada deste domingo, 8 de novembro, em decorrência da Covid-19. O presidente da Assembleia de Deus Ministério Fama estava internado em um hospital de Goiânia. Ele deixou a esposa Nair de Almeida, oito filhos e 20 netos.

Publicidade

O bispo da Assembleia de Deus era pai de Samuel Almeida, atual candidato a prefeitura de Goiânia. De acordo com a assessoria foi confirmado que o religioso morreu em virtude complicações do coronavírus. No último ano, o Bispo Abigail Carlos havia sofrido uma queda e precisou ser submetido a um procedimento cirúrgico na sua coluna, porém estava se recuperando bem.

Contudo, no mês de outubro, ele precisou ser internado novamente. O bispo da igreja Assembleia estava na UTI – Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Órion, em Goiânia, desde o dia 21 de outubro. Ele estava reagindo bem ao tratamento, até que infelizmente na última quinta-feira (5), o religioso foi diagnosticado com Covid-19. Ele  é conhecido por sua história de liderança e fé da Assembleia de Deus e deixa um legado sobre a vida que foi marcada pela devoção e também pela fé.

Publicidade

A sua caminhada de trabalho na obra de Deus teve início no ano de 1952, quando tinha apenas 17 anos. Uma homenagem ao bispo vai ser realizada neste domingo, 8 de novembro, em um cortejo até o cemitério onde vai acontecer o sepultamento. Por ter testado positivo para coronavírus não vai haver velório.

Publicidade

Autoridades se manifestaram sobre o falecimento do bispo e prestaram condolências aos familiares e amigos do religioso. “Ao partir, deixa imensas saudades em todos os que tiveram o privilégio de com ele conviver, mas, fortemente, ficam o seu testemunho e sua imensa obra que transformou milhares de vidas”, dizia a note de pesar do governador Ronaldo Caiado. Outras personalidades ilustres também se manifestaram sobre o falecimento do bispo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade