in

Joe Biden quase abandonou a política após a esposa e a filha morrerem em acidente trágico

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, viveu a dor de perder esposa e filha pequena em acidente.

Independent/Getty Images

Joe Biden é o novo presidente dos Estados Unidos, mas por muito pouco esse pleito não se tornou realidade, e em nada tem a ver com a contagem de votos entre ele e Donald Trump. Joe quase abandonou sua carreira política no senado da Pensilvânia em 1972, após sua primeira esposa, Neilia, e a filha de um ano do casal, Naomi, morrerem em um acidente de carro.

Publicidade

Biden pensou em se dedicar a cuidar dos filhos Beau e Hunter, que se feriram gravemente no acidente em que viram a mãe e a irmã morrerem. Alguns colegas o convenceram a prosseguir com a vida política, sem deixar os meninos de lado.

Em 1975, ele conheceu a nova primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden. Na época, ela encarava a nova realidade de criar dois filhos sozinha após um divórcio. Os dois se casaram dois anos mais tarde e uniram suas famílias.

Publicidade

Em 1981, nasceu Ashely, primeira filha do casal Biden. Enquanto Joe se dedicava a carreira política, Jill foi professora de inglês por muitos anos. Ela se formou em 1975, ano em que conheceu Joe. Começou como professora substituta em escolas públicas. Com o tempo fez dois mestrados, que melhoraram sua vida e carreira.

Publicidade

Deu aulas em uma faculdade de Delaware por quinze anos. Em 2008, quando Joe se tornou vice-presidente na chapa de Barack Obama, sagrando-se vencedor posteriormente, Jill só acompanhava o marido na campanha aos finais de semana e nos ônibus de campanha estava sempre corrigindo provas dos alunos.

Publicidade

Jill manifestou interesse em voltar a dar aulas, mesmo com o marido sendo o presidente do país mais importante do mundo. Biden tomará posse em janeiro de 2021.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades