in

Ex-bispo da Universal pede dinheiro aos fiéis para pagar funeral da mulher assassinada pelo filho

O religioso pediu ajuda aos fieis para pagar o funeral e a documentação legal da mulher que foi assassinada.

Extra/Montagem

O filho do ex-bispo da IURD – Igreja Universal do Reino de Deus – está sendo acusado de matar a própria mãe em Portugal. O crime da mulher encontrada morta pelo marido no chão da cozinha de casa virou manchete em várias localidades. Foi o marido de Teresa que encontrou a esposa sem vida no chão da cozinha, por volta das 20h30.

Publicidade

O ex-bispo da igreja Universal acionou socorro e também pediu ajuda da polícia sobre o acontecido. Lucas Paulo, jovem que foi adotado pelo casal, foi preso pelas autoridades de Portugal e não apresentou nenhum tipo de resistência. O rapaz deve continuar detido por 14 dias no Estabelecimento Prisional de Lisboa, tempo indicado devido à quarentena do novo coronavírus.

Após este período, o jovem brasileiro vai ser encaminhado à cadeia de Montijo, local onde deve aguardar o julgamento. O filho possui nacionalidade portuguesa e brasileira, e conforme informação do jornal Correio da Manhã, ele teria sido adotado pela família no Brasil, quando o casal ainda atuava na IURD – Igreja Universal do Reino de Deus.

Publicidade

Ainda conforme o jornal, a motivação do crime teria sido devido às reclamações da mãe sobre a falta de interesse do rapaz com o trabalho e estudos. O laudo apontou que a mãe tentou lutar pela vida, pois apresentou marcas de defensiva pelo corpo. Segundo a publicação, Teresa foi atingida por mais de 20 facadas, sendo a maior parte na região do pescoço.

Publicidade

O ex-bispo da Universal, Alfredo Paulo, esteve a frente dos trabalhos da igreja entre os anos de 2002 e 2009, porém acabou rompendo com a instituição. Desde então, ele compartilha vídeos na web fazendo várias denúncias contra o templo que move um processo contra ele sobre difamação. Inclusive, ele apareceu em sua rede social e prometeu fazer uma transmissão ao vivo sobre a morte da mulher com quem estava casado há 32 anos.

Publicidade

Ex-bispo pede dinheiro

O brasileiro pediu para que os fies possam contribuir para ajudar nos custos do funeral da esposa e também a documentação legal da esposa Teresa, de 53 anos que foi assassinada. No entanto, fieis criticaram o pedido, justamente por causa da ocultação da informação que o filho é o principal suspeito do crime.

Publicidade
Publicidade
Publicidade