in

Pai enterra genro em bloco de concreto ao descobrir que o rapaz agrediu a filha dele: ‘Só vi quando ele caiu’

O jovem de 26 anos estava desaparecido há um ano; genro ajudou a polícia durante as buscas.

Metrópoles | Montagem Ingrid Machado

Vladimir Melnikov, de 63 anos, tomou uma atitude após descobrir que a filha estava sendo agredida pelo genro, o jovem Vadim Tamkovich, de 26 anos. De acordo com o site Metrópoles, Vladimir assassinou o genro com um tiro na cabeça e enterrou seu corpo em um bloco de concreto.

Publicidade

Segundo a polícia da Rússia, Vadim estava desaparecido há cerca de um ano, e Vladimir Melnikov teria ajudado nas buscas pelo rapaz. Porém, o plano do pai de Zhanna Melnikova foi descoberto pelas autoridades. Ao ser preso, Vladimir contou à polícia sobre a motivação do crime.

O homem de 63 anos revelou que teria ficado revoltado ao saber que a filha estava sofrendo violência física por parte do namorado. Vladimir contou, ainda, que teria atirado contra a cabeça de Vadim, e, em seguida, ocultado seu corpo na própria garagem de casa. O pai de Zhanna contou mais detalhes sobre o crime.

Publicidade

Nos primeiros dias, Vladimir teria colocado o corpo do jovem dentro de um buraco na parede, posteriormente, teria feito uma mistura de concreto e jogado em cima do cadáver, formando uma espécie de bloco. O responsável pelo crime lembrou o exato momento em que tirou a vida do genro: “Eu só vi quando ele caiu”.

Publicidade

Um familiar prestou depoimento à polícia e contou que Zhanna sabia sobre o crime cometido pelo pai. Segundo a testemunha, após a morte do namorado, a jovem doou seus objetos pessoais. Zhanna e o pai também teriam usado o cartão de crédito da vítima. Vladimir segue detido enquanto aguarda julgamento.

Publicidade
Publicidade