in

Médicos separam gêmeas siamesas que nasceram grudadas pela cabeça

O procedimento cirúrgico de separação das gêmeas siamesas durou 24 horas.

R7

As gêmeas siamesas Abigail e Micaela Bachinskiy, de nove meses, nasceram com uma rara condição; elas vieram ao mundo unidas pela cabeça. A cirurgia para separação de gêmeos siameses é sempre um processo complexo para a equipe médica. Felizmente, no caso das meninas, a intervenção cirúrgica para separação foi bem-sucedida.

Publicidade

O procedimento aconteceu no Hospital Infantil da UC Davis na Califórnia, nos Estados Unidos. A mãe das crianças, Liliya Miroshnik, de 33 anos, fez questão de documentar a jornada vivida pelas pequenas em seu perfil no Instagram e postou uma fotografia que mostra o antes e depois delas terem feito a cirurgia. A equipe médica precisou trabalhar por 24 horas para conseguir dividir as grandes veias e a massa cerebral que conectavam as duas irmãs, além de ter que fazer a reconstrução do crânio.

Com três filhos, Liliya e o marido já sabiam que as gêmeas tinham uma rara condição e que as filhas iriam nascer conectadas pela cabeça. A equipe que participaria da cirurgia fez o acompanhamento do progresso das gêmeas através de ressonâncias e tomografias. Quando elas fizeram nove meses, os profissionais disseram que era a hora de realizar a separação.

Publicidade

View this post on Instagram

❤❤❤

A post shared by Liliya Bachinskaya Miroshnik (@liliyamiroshnik) on

Publicidade

Publicidade

Uma equipe com mais de trinta profissionais fizeram parte da equipe cirúrgica para realização do procedimento de separação das gêmeas. O procedimento complexo reuniu os profissionais da área para realização da intervenção no sábado. O cirurgião-chefe, Granger Wong comunicou que a separação craniana ocorreu às 3h28 da manhã, e toda a equipe que estava presente no local aplaudiu a boa notícia, celebrando o sucesso da cirurgia.

A separação das gêmeas foi considerada um marco para o Centro Infantil, pois teria sido a primeira vez que esse tipo de procedimento foi realizado no local.
Felizmente, tudo deu certo e as meninas passam bem.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.