in

Suspeito de cometer assédio contra uma mulher durante massagem se justificou: ‘Sou homem, acontece’

O homem de 53 anos foi preso em flagrante após ter cometido o suposto crime.

Reprodução/ Revide

Um homem de 53 anos de idade foi preso em flagrante pela Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta terça-feira (03), suspeito de assediar uma mulher que estava sob seus cuidados em sua clínica, recebendo uma massagem do profissional. O caso ocorreu na cidade de Magé, situada na Baixada Fluminense.

Publicidade

De acordo com informações da polícia responsável pela apuração do caso, o homem trabalhava há quatro meses na clínica de estética, após ter passado por um curso de terapia holística que foi realizado pela internet.

Publicidade

Publicidade

Em uma sala de aluguel, em Piabetá, ele prestava uma massagem em uma mulher que o procurou após sentir fortes dores na região da coluna. Na oportunidade, o homem teria se aproveitado da situação e passado suas mãos nas partes íntimas da cliente.

Publicidade

Segundo o depoimento da vítima, ao se deparar com a atitude delituosa, se assustou e logo se levantou. O suspeito se desculpou e se justificou que teria feito porque não conseguia se controlar. De acordo com a cliente, ele alegou: “Sou homem, acontece!”.

Após o ocorrido, a mulher foi correndo encontrar uma amiga, onde chorou muito e decidiu ir à delegacia com a sua família. Depois de prestar ocorrência, a equipe do delegado Antônio Silvino, titular da 66ª DP, foram imediatamente até o local, onde efetuaram a prisão do suspeito.

“No momento da prisão ele ainda alegou aos policiais que não precisava ser preso, pois tinha pedido desculpas pra mulher e que esbarrou acidentalmente nas partes íntimas – por várias vezes”, esclareceu o delegado, em entrevista concedida ao portal do UOL.

O homem responderá pelo crime de importunação íntima, que consiste na prática de ato libidinoso contra alguém sem que haja sua permissão, com a finalidade de satisfazer a própria lascívia. Esse delito, conforme consta no Código Penal Brasileiro, é punível com pena de reclusão de 1 a 5 anos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rafael F.

Rafael Ferreira é um escritor apaixonado pelo que faz. O que começou como um hobbie, hoje virou profissão, com seu ingresso na faculdade de Jornalismo. Busca sempre manter seus leitores por dentro dos assuntos da atualidade, seja no Brasil ou no mundo. É responsável por levar entretenimento e cultura com a qualidade que é devida de um redator da i7 Network. Sinta-se a vontade para entrar em contato pelo Instagram @rafaelferreiraa7.