in

Candidato que morreu há um mês por conta da Covid-19 vence eleição nos Estados Unidos

David Andahl morreu quatro dias depois de sentir os primeiros sintomas da doença.

Meio Norte

As eleições nos Estados Unidos agitaram o país norte-americano nos últimos dias. No estado da Dakota do Norte, um caso curioso roubou a cena na apuração dos votos para os assentos da Câmara dos Representantes.

Publicidade

De acordo com os resultados apresentados, o candidato republicano David Andahl, de 55 anos, venceu o pleito, a grande questão é que o político morreu vítima da Covid-19. As informações foram divulgadas pela emissora FOX.

Vítima fatal da Covid-19 há cerca de um mês, David Andahl teve o seu nome mantido nas cédulas eleitores, e a quantia de votos para ele foi expressiva. Falecido, o político que tinha a ideologia de Donald Trump, dará a cadeira para outro representante. 

Publicidade

Como fica?

Diante do caso curioso, o Partido Republicano terá que indicar um sucesso para a vaga. No entanto, ainda há a possibilidade da população solicitar ao governador do estado uma petição para uma nova eleição, processo que é tido como bastante improvável de acontecer. 

Publicidade

Morte do candidato

David Andahl morreu apenas quatro dias depois de apresentar os primeiros sintomas da Covid-19, vindo a falecer no dia 5 de outubro. No obituário, o candidato foi chamado de “Dakota Dave”, por conta do seu amor ao estado. 

Publicidade

“Ele era apaixonado por muitas coisas, e tinha esperança de entrar na Câmara e ajudar”, disse a mãe, Pat Andahl, ao “Bismarck Tribune”.

Casos

Principal epicentro de infecção da Covid-19 no mundo, os Estados Unidos registraram mais de 1.130 mortes pela doença nas últimas 24 horas, além de 92.410 novos casos de infecção. Até o momento, o país norte-americano computa mais de 232 mil mortes pelo coronavírus.

Publicidade