in

Flavio Bolsonaro vai passear em Fernando de Noronha e gera polêmica ao pedir reembolso dos gastos

O senador decidiu passar o feriado em Fernando de Noronha e pediu reembolso dos gastos da viagem aos cofres públicos.

Adriano Machado/Crusoé

O senador Flavio Bolsonaro se envolveu em uma polêmica neste fim de semana. O político viajou para o arquipélago de Fernando de Noronha, a fim de passar o feriado. Uma viagem comum acabou se tornando polêmica porque Flavio pediu reembolso dos gastos com passagens e diárias junto aos cofres públicos.

Publicidade

O reembolso corresponde a gastos que os políticos possuem com deslocamento a trabalho ou diárias de viagens com o mesmo fim, e não englobam lazer pessoal dos parlamentares. Gastos fora das viagens a trabalho não integram a cota parlamentar.

De acordo com o G1, o gabinete de Flavio Bolsonaro informou no sábado, 31 de outubro, que os funcionários solicitaram o reembolso por engano e que o senador já havia solicitado o cancelamento do reembolso das diárias.

Publicidade

No site do Senado Federal é possível consultar a solicitação do senador, que conta com valor de R$ 1.361,19 correspondente apenas as passagens de ida e volta entre Recife e Fernando de Noronha.

Publicidade

O político não comentou o ocorrido e tem evitado se expor demais nas redes sociais por conta de um desgaste em sua imagem nos últimos meses, devido às investigações das quais é alvo. Os dados das solicitações de reembolso de todos os senadores e deputados federais podem ser acessados publicamente no site do Senado Federal.

Publicidade

Flavio Bolsonaro é alvo de investigações do Ministério Público sobre as famosas rachadinhas. Caso seja denunciado, o político correrá o risco de perder o cargo, e se condenado, pode ficar inelegível. A defesa do senador alega que ele é inocente das acusações.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades