in

Brasileira vítima de ataque terrorista deixou recado antes de morrer: ‘Digam aos meus filhos que os amo’

Simone Barreto da Silva tinha 44 anos e morava na França há três décadas.

Metrópoles | Divulgação

Na última quinta-feira (29), um brutal ataque terrorista aconteceu na basílica Notre-Dame, no centro de Nice, na França. De acordo com o site G1, um homem entrou no local armado com uma faca e feriu frequentadores do local. No total, três pessoas foram mortas e diversas pessoas ficaram feridas após a investida do criminoso.

Publicidade

A polícia francesa está tratando o episódio como um ato terrorista. Uma senhora de 70 anos teria sido degolada durante o ataque. Outra vítima foi um sacristão da igreja, que foi ferido na região da garganta. A brasileira Simone Barreto Silva, de 44 anos, foi uma das vítimas fatais da ação.

Segundo o site Metrópoles, Simone morava na França há 30 anos e era mãe de três filhos. Uma testemunha afirmou que, mesmo ferida, a brasileira deixou um recado aos filhos. A cuidadora de idosos foi socorrida pelos proprietários de um restaurante vizinho à igreja, palco do ataque.

Publicidade

Digam aos meus filhos que os amo”, disse a brasileira já ferida. Brahim Jelloule, um dos proprietários do restaurante, falou sobre o momento do socorro à Simone. “Ela atravessou a rua, toda ensanguentada, e foram meu irmão e um dos nossos funcionários que a resgataram, a colocaram no interior do restaurante, sem entender nada, e ela dizia que havia um homem armado dentro da igreja”, disse o empresário.

Publicidade

De acordo com a polícia francesa, o suspeito responsável pelo ataque é um jovem tunisiano de 21 anos. O homem estaria na França desde o mês passado. Simone era nascida no bairro Lobato, Salvador. Em Nice, a cuidadora de idosos organizava eventos culturais e uma festa em homenagem à Yemanjá. O Itamaraty divulgou um comunicado repudiando o ataque terrorista e lamentado a morte da brasileira.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade