in

Mãe de apenas 18 anos dá à luz a gêmeas siamesas; elas foram submetidas à exames

A primeira avaliação indica que as gêmeas siamesas estão interligadas apenas pelo fígado.

G1

Uma mãe de apenas 18 anos deu à luz a gêmeas siameses. O fato aconteceu nesta última quinta-feira, 29 de outubro, na maternidade José Maria de Magalhães Netto, que fica localizado em Salvador, estado da Bahia. A divulgação do nascimento foi feito pela Sesab – Secretaria da Saúde do Estado.

Publicidade

Segundo a informação divulgada pela secretaria, a jovem mãe é moradora Salvador. Ela e os recém-nascidos estão passando bem. O quadro clínico das crianças é considerado bom e as meninas conseguiram respirar sem a ajuda de aparelhos. Ainda conforme a Sesab, a avaliação preliminar foi realizada e tudo indica que elas estão ligadas pelo fígado.

Contudo, é necessário que as bebês sejam submetidas a exames complementares para que fique constatado a suspeita. A intervenção cirúrgica para fazer a separação das gêmeas siamesas deve acontecer no prazo de 30 dias.

Publicidade

O procedimento deve acontecer na própria maternidade e será realizado por um profissional especialista de Goiás. Esse tempo de espera é necessário para que as crianças possam ganhar mais peso e ter uma melhor evolução do pulmão. Além disso, é o tempo estimado para que os exames complementares fiquem prontos.

Publicidade

O nascimento de gêmeos siameses é considerado raro pela medicina. De acordo com as estatísticas, a cada 100 mil nascimentos de bebês, um é de siameses. Na maioria dos casos, a cirurgia de separação é bem sucedida e as crianças podem ter uma vida normal. Por isso, os exames complementares são tão importantes, pois é preciso detectar se os gêmeos compartilham algum órgão importante.

Publicidade

Casos semelhantes

Recentemente, completou dois anos da cirurgia de separação das gêmeas siameses Maria Ysabelle e Maria Ysadora. As pequenas nasceram unidas pelo topo da cabeça. O Brasil acompanhou o caso das meninas que felizmente foi bem sucedido. Hoje em dia elas estão bem e tem uma vida normal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade