in

Senador comemora sequestro de jornalista da Record e diz não lamentar a sua morte: ‘Mentiroso safado, bandido’

Telmário Mota (PROS-RR) afirmou que o jornalista Romano dos Anjos foi vítima de suas próprias palavras após denunciar desvio de dinheiro público.

Agência Senado | Globo/Globoplay/Reprodução

O senador Telmário Mota (PROS-RR) disparou vários ataques contra o jornalista e apresentador da Record Romano dos Anjos, vítima de sequestro e espancamento, encontrado vivo nesta terça-feira, dia 27 de outubro. De acordo com o parlamentar, o profissional da imprensa “deve estar sendo vítima das suas próprias palavras”, fazendo alusão às denúncias realizadas nos últimos dias apontando desvios de dinheiro público que deveria ser utilizado na saúde do estado.

Publicidade

Romano dos Anjos também foi alvo de diversas ofensas pessoais disparadas por Mota. O senador o chama de “mau caráter”, “bandido” e “mentiroso safado”. O político completa dando pouca importância para a vida do jornalista, ao dizer que não lamentaria a morte, caso ocorresse.

Publicidade

Publicidade

“Quanto à vida dele, é claro que eu quero, peço a Deus que salve, mas dizer ‘não, ele é gente boa’? Não, ele é mau caráter. Para mim, se o cabra não presta, pode até morrer, não vou dizer ‘ah, coitadinho, morreu’. Não. Se não presta, não presta. Acabou”, diz Telmário Mota em áudios divulgados.

Publicidade

As gravações foram inicialmente divulgadas pela revista Crusoé, confirmadas pelo jornal O Globo. Após a divulgação, o senador decidiu se retratar, dizendo que teria se manifestado de maneira equivocada, transpassando uma opinião diferente daquela que gostaria de ter dito. “Não é porque ele morreu que eu vou dizer que ele é bom, não. Isso que eu disse. Eu não disse ‘ah, ele não presta, pode morrer’”, disse ao O Globo.

Telmário Mota alega que Romano dos Anjos tentou o associar com investigações de desvio de dinheiro público que deveria ser utilizado na saúde de Roraima para o tratamento da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Vale ressaltar que este senador está incluído na mesma investigação que culminou com mandados de busca e apreensão em endereços do também senador Chico Rodrigues (DEM-RR), aquele do “dinheiro entre as nádegas”. O parlamentar está afastado de suas funções desde o escândalo tomar conta das manchetes dos principais jornais do país.

Romano dos Anjos é encontrado vivo

O jornalista da Record foi sequestrado em sua casa na noite da última segunda-feira (26). O seu automóvel pessoal foi sequestrado e abandonado próximo a fronteira entre Brasil e Venezuela. Ao ser encontrado, apresentava marcas de agressão em um dos braços, segundo ele, feitas com pedaços de pau.

As autoridades investigam a motivação do crime. As suspeitas são de atos praticados por facções criminosas, uma vez que Romano dos Anjos faz diversas denúncias contra o crime organizado em seu programa. A hipótese de motivação política também não está descartada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com