in

‘É de partir o coração, minha filha acha que é feia agora’: mãe desabafa após filha se queimar com álcool gel

A mãe contou que ficou arrasada ao ver o que aconteceu com o rostinho da filha.

Crescer

Uma garotinha de apenas seis anos ficou com queimaduras graves no rosto, após o álcool gel que estava brincando pegar fogo. Izabella, moradora de Ohio, nos Estados Unidos, estava acompanhada da babá e de alguns amigos quando ocorreu o acidente.

Publicidade

De acordo com a informação do Daily Mail, depois que saiu de casa, a mãe da criança, Larissa Schaffenberg, de 29 anos, recebeu a ligação pedindo para que fosse ao hospital porque a filha tinha queimado o rosto.

A americana contou que a menina estava brincando com o irmão mais velho, os filhos da vizinha e um primo. “Eles estavam mexendo no álcool em gel que estava por aí, porque o usávamos o tempo todo para nos proteger contra a covid 19”, explicou a mãe. As crianças começaram a ficar espirrando o produto na varanda, foi quando um dos filhos do vizinho acendeu um isqueiro que provocou o fogo que atingiu o rostinho de Izabella. 

Publicidade

Quando chegou ao hospital, os médicos precisaram cortas as roupas da menina, dar medicamentos para ajudar a aliviar a dor e limpar as queimaduras. Izabella teve que ficar de observação no hospital e após ter alta, a mãe precisou manter os cuidados limpando as queimaduras duas vezes ao dia. Por sorte, a menina não precisou fazer enxerto de pele e as cicatrizes estão fechando.

Publicidade

Larissa disse que a filha levou cerca de três meses para conseguir voltar a se olhar no espelho depois do acidente. Ela tinha muito medo do que veria. “É de partir o coração, minha filha acha que ela é feia agora. Eu tenho que dizer a ela todos os dias que ela é linda e que não precisa ser igual a todo mundo para ser linda, mas muitas vezes ela não acredita em mim”, desabafou a mãe. 

Publicidade

As aulas da menina estão acontecendo online, para a mãe isso é um alívio, pois pode deixar a câmera desligada para que nenhum colega a veja. A mãe disse que está chocada e não imaginava que o álcool gel pudesse causar tantos danos.

Os pais precisam ficar em alerta com os pequenos. O álcool pode causar sérias queimaduras nas crianças. Se tiver contato com boca ou olhos também pode provocar lesão. Evite deixar o produto no alcance das crianças.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.