in

Aspirina pode reduzir o risco de morte por Covid-19? O que este estudo realmente disse

Enquanto não existe uma vacina para prevenir a Covid-19, os especialistas continuam buscando curas para a doença.

Aspirina - iStock

Enquanto não existe uma vacina para prevenir a Covid-19, os especialistas continuam buscando curas para a doença. Alguns medicamentos que possam atuar melhor contra o SARS-CoV-2 e, desse jeito, reduzir a taxa de mortalidade da doença. Agora, de acordo com um estudo publicado na revista Anesthesia and Analgesia, a aspirina poderia ter um efeito benéfico, especialmente nos casos mais graves. Porém, a dosagem teria que ser adequada a cada caso, de acordo com os investigadores de um estudo, que ainda precisa de novas validações.

Publicidade

Covid-19: bons resultados da aspirina carecem de novas validações

No momento, os resultados desse estudo são encorajadores. Porém, ainda precisaria de novos testes e validações para que esses investigadores possam concluir, com certeza, que a aspirina possa realmente fazer efeito contra o coronavírus.

Nesse estudo, quase metade dos pacientes que tomaram pequena dosagem de aspirina não precisaram de cuidados na UTI. Porém, como se trata de um estudo pequeno, com apenas 412 pacientes, não se sabe se isso não poderia ser um mero acaso. Então, os investigadores vão continuar pesquisando mais sobre esse assunto.

Publicidade

Aspirina poderia ajudar contra a Covid-19

Então, a investigação versou sobre 412 doentes, internados no hospital com Covid-19. Desses doentes, 23,7% tomaram aspirina durante a semana antes do internamento. Então, os resultados do estudo provaram que esses doentes que tomaram a aspirina tiveram 43% menos probabilidade de entrar na UTI, 44% menos de precisar de ventilação mecânica e 47% menos probabilidade de morrerem da doença.

Publicidade

Portanto, os resultados da equipe de investigadores de Jonathan H. Chow, da Universidade de Maryland, são muito promissores. Porém, não se pode ainda comprovar que esses bons resultados tenham a ver somente com a aspirina. De acordo com a Forbes, além de tomarem aspirina, esses doentes poderiam ter se cuidado melhor, poderiam ter menos problemas de saúde associados, uma carga viral menor, ou seja, outros fatores, que poderiam aumentar suas chances de sobreviver a doença. Ainda assim, a equipe de Chow parece muito confiante com esses primeiros resultados sobre a influência da aspirina contra a Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade