in

Procurado pela polícia por matar o ator Rafael Miguel e os pais, Paulo Cupertino comete novo crime no Paraná

Foragido da justiça sob acusação de assassinato, empresário conseguiu uma nova identidade.

G1

Procurado pela polícia, desde que matou o ator Rafael Miguel e os pais, em São Paulo, Paulo Cupertino voltou a cometer atos criminosos, dessa vez no Paraná. De acordo com o site G1, embasado em informações da Polícia Civil, colhidas nesta segunda-feira (26), o empresário fez um documento falso em Jataizinho, no norte do estado.

Publicidade

Segundo investigações da polícia do Paraná, o acusado teria ido pessoalmente até um posto do instituto de identificação do estado e tirado fotos no local para um novo documento. Além de ser fotografado, Cupertino cedeu as digitais para que a identidade fosse feita, e assim conseguiu um novo nome.

Manoel Machado da Silva passou a ser a falsa identidade de Paulo Cupertino, que também teria modificado o visual para ser fotografado pelo instituto de identificação do Paraná. Segundo o portal R7, o acusado surgiu com o cabelo curto e penteado para trás, além de adotar barba para tentar esconder a verdadeira identificação.

Publicidade

Paulo Cupertino, que teria usado documentos falsos para dar entrada ao pedido da nova identidade, também ganhou pais falsos no documento. Carlos Pereira da Silva e Maria Gomes Machado da Silva foram os nomes usados para substituir a verdadeira filiação do acusado.

Publicidade

O servidor público que realizou o procedimento da nova identidade de Paulo Cupertino foi ouvido pela polícia e afirmou não ter reconhecido o acusado. Ele também contou que não lembra detalhes do dia em que o foragido esteve no instituto de identificação. A polícia segue investigando o novo crime cometido pelo empresário.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade