in

Família se desespera: Fisiculturista fica tetraplégico e perde a visão após uso de remédio comum no Brasil

Ele ficou sem poder ver, falar, comer e andar sozinho tendo somente 23 anos de idade.

UOL / Montagem

Um fisiculturista que atualmente tem apenas 23 anos de idade optou por recorrer ao uso de um medicamento comum no mundo todo, só que sua finalidade era bem diferente do que o remédio se propunha. Ele queria aumentar sua musculatura, mas acabou pagando um preço muito alto por isso.

Publicidade

Tristan Alberts ficou sem poder andar, falar, se alimentar e até mesmo sem enxergar como efeitos pós uso da medicação. Sua família se desesperou, pois o tratamento do jovem é muito mais caro do que seus pais possuem condições de arcar, o que se agravou ainda mais após seu pai perder o emprego.

Pouco tempo após usar a medicação, Tristan ficou internado com quadro de coma hipoglicêmico e teve insuficiência respiratória, além de inchaço cerebral. Todos esses fatores acabaram causando as lesões referidas anteriormente.

Publicidade

Remédio utilizado por fisiculturista é comum e acessível no mundo todo

Tristan fez o uso de remédio a base de insulina, que deveria ser utilizado no tratamento por diabéticos, após o uso ele teve que passar por uma cirurgia cerebral, na tentativa de salvar a própria vida e ficou internado por 103 dias, mesmo tendo um excelente condicionamento físico.

Publicidade

21 October 2020 – Update .Greetings to you ?, we hope that this update finds you safe and well?.So after the fitting…

Posted by Tristan Alberts on Wednesday, October 21, 2020

Seu pai, em busca de socorro e ajuda para prosseguir o tratamento do filho, fez uma espécie de financiamento para angariar fundos de socorro ao filho. Para aqueles que ajudam, ele costuma dar satisfações mostrando o tratamento e a evolução de Tristan Alberts, como na mensagem ilustrada acima.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.