in

Pastor preso por abusar de mulher que dormia em ônibus diz que estava há 20 anos sozinho: ‘Caiu em tentação’

O homem foi detido em flagrante pela Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais.

G1 | Divulgação

Na última quarta-feira (21), um homem foi preso em flagrante por importunação sexual à uma mulher de 39 anos que viajava em um ônibus que deixou a cidade de Vitória, no Espírito Santo, rumo a Belo Horizonte, Minas Gerais. De acordo com o site G1, o preso se trata de um pastor de 59 anos. A polícia foi acionada pelo motorista do veículo.

Publicidade

Segundo a mulher, o pastor teria colocado a mão dentro de sua calça enquanto ela dormia durante a viagem. Abordado pela Polícia Rodoviária Federal, o pastor admitiu o ato e afirmou que a prática foi realizada para satisfação pessoal. O homem disse, ainda, que estava há pelo menos 20 anos sem ter contato com uma mulher, e que “caiu em tentação”.

A mulher e o autor do crime foram encaminhados para a delegacia, que confirmou a prisão em flagrante do pastor. Os envolvidos prestaram depoimento e um inquérito será instaurado pra investigar as circunstâncias do crime.

Publicidade

O Crime

De acordo com o site JusBrasil, o crime de importunação sexual é caracterizado pela realização de um ato libidinoso na presença de um determinado indivíduo sem a sua permissão. Um dos casos mais comuns é justamente o assédio sofrido por mulheres dentro de transportes coletivos. A pena para quem pratica este crime pode variar de 1 a 5 anos de prisão.

Publicidade

Vale ressaltar que a vítima sempre denuncie a prática imediatamente. Aquele que presenciar o fato, ou se sentir vítima da referida violência, pode realizar a denúncia através do número 180 (Central de Atendimento à Mulher), ou acionar a Guarda Municipal, bem como a Polícia Militar de sua cidade através do número 190.

Publicidade
Publicidade
Publicidade